JULIO FREDERICO KOELER – FUNDADOR DE PETRÓPOLIS

Nilo Franck

Nilo

04/10/17 - 15:12

JULIO FREDERICO KOELER nasceu na Mogúncia (Mainz), Grão Ducado de Hessen Darmstadt Alemanha em 16 de junho de 1804, e faleceu em Petrópolis-RJ no dia 21 de novembro de 1847.

Arquiteto alemão naturalizado brasileiro em 1831, projetista da planta urbana de Petrópolis e considerado o pioneiro da arquitetura, engenharia e urbanismo no Brasil. Logo após ter saído do exército prussiano como Alferes, emigrou para o Brasil (1828) casou-se na Catedral de Niterói com uma brasileira (1830) MARIA DO CARMO REBELO DE LAMARE, com licença da Igreja, devido ser o noivo luterano e a noiva católica.Dessa união nasceu RODRIGO DE LAMARE KOELER. Depois de fazer testes na Academia Militar do Rio de Janeiro, foi admitido com 1 tenente do CORPO DE ENGENHARIA DO EXÉRCITO IMPERIAL. Afastado do Exército por problemas meramente políticos, já que D PEDRO II foi obrigado a afastar do Exército Imperial os batalhões estrangeiros, foi constatado para ser Engenheiro Civil na Província do Rio de Janeiro. Depois de se naturalizar brasileiro, voltou para o Exército Imperial, arrendou (1843-1846) uma fazenda do CÓRREGO SECO, propriedade particular de D PEDRO II, onde fundou uma colônia de europeus com um plano urbanístico de sua autoria que originaria a cidade de Petrópolis-RJ, e passaria a residir até a sua morte. Iniciou então a construção do PALÁCIO IMPERIAL, hoje MUSEU IMPERIAL, e trabalhou na abertura da estrada de Praia Grande , hoje Niterói a Campos dos Goitacases no estado do RIO DE JANEIRO, e na estrada da Serra da Estrela e fez ainda um levantamento topográfico do RIO DE JANEIRO (1834). Comendador da Ordem do Cruzeiro do Sul e oficial-major da Casa Imperial, foi nomeado superintendente da Imperial Fazenda de Petrópolis (1846). Participou do projeto da primeira linha férrea do BRASIL, a Rio Petrópolis, promovida pelo BARÃO DE MAUÁ (1854), e da Estrada União e Indústria, iniciativa de MARIANO PROCÓPIO, entre a Raiz da Serra, hoje INHOMIRIM-RJ, e JUIZ DE FORA-MG(1851-1861). Faleceu vítima de um lamentável acidente de tiro ao alvo na Chácara da Terra Santa de sua propriedade em Petrópolis-RJ.




No site do INSTITUTO HISTÓRIO DE PETROPOLIS (wwwihp.org.br) o escritor ARTHUR LEONARDO DE SÁ EARP, escreve que a planta elaborada por KOELER para Petrópolis, conforme reprodução de 1846, era composta de 02 VILAS e 11 QUARTEIRÕES:

VILAS – VILA IMPERIAL E VILA TEREZA;

QUARTEIRÕES – BINGEN, CASTELÂNEA, INGELHEIM, MOSELA, NASSAU, PALATINADO SUPERIOR, PALATINADO INFERIOR, RENÂNIA CENTRAL, RENÂNIA INFERIOR, SIMÉRIA E WESTFÁLIA.


Na planta de 1854, de OTTO REIMARUS, outros 11 QUARTEIRÕES foram criados

BRASILEIRO, DARMSTADT, FRANCÊS, INGLÊS, MINEIRO, PRESIDÊNCIA, PRINCESA IMPERIAL, RENÂNIA SUPERIOR, SUÍÇO, WOERSTADT E WORMS.


FONTES DE CONSULTA – SITE NET SABER – BIOGRAFIAS

SITE IHP.ORG.BR

Ainda não comentado.