XI Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras.

Breve Histórico da associação nacional de pesquisadores das comunidades teuto-brasileiras

Nilo Franck

Nilo

// - :

Para quem não a conhece, é oportuno lembrar brevemente sua história e seus objetivos. A idéia de se fundar uma Rede de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras, como foi inicialmente chamada, foi lançada por ocasião do 5º Congresso Nacional da FECAB, em 1995, ocorrido em Lajeado, pelo então Presidente do Centro de Cultura Alemã daquela cidade, Waldemar Richter. Seguiram-se diversas reuniões nos anos de 1996 e 1997, em diversas cidades do RS.



Em 1997, organizou-se o primeiro seminário, na cidade de Lajeado/RS, em que foi oficialmente fundada a Associação Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras, com indicação de uma Diretoria e elaboração de seu Estatuto. Lajeado permanece como a sede oficial da Associação.



Conforme seu Estatuto, a entidade tem por finalidade promover, a nível nacional, a escrita da história das comunidades e regiões colonizadas por imigrantes alemães e/ou descendentes, mediante as seguintes ações, além da promoção de eventos: 1) incentivo à localização de acervos; 2) criação de Núcleos Regionais; 3) incentivo a pesquisa genealógica; 4) estímulo à criação de Centros de Cultura Alemã e incentivo ao ensino da língua alemã.



Mediante o apoio da Secretaria de Cultura de Lajeado, os quatro primeiros seminários aconteceram naquela cidade. O V e o VI Seminários ocorreram em Santa Cruz do Sul, com o apoio do CEGENS e da Secretaria de Educação e Cultura daquele município. Em junho de 2004, aAssociação realizou um evento em Nova Friburgo, sob a coordenação de Armindo Müller. Aquele município também comemora 180 anos de imigração alemã no Brasil, juntamente com o Rio Grande do Sul. E em julho do mesmo ano, realizamos o Seminário em parceria com a Prefeitura de Teutônia e Westfália e o Centro de Cultura Alemã de Teutônia. Em abril de 2006, realizamos o seminário em parceria com a Prefeitura de São Vendelino, e em junho de 2008, em Ivoti, juntamente com a Prefeitura e o ISEI.



Os Seminários têm sido um espaço em que se reúnem pesquisadores atuantes em suas comunidades, escolas, universidades, museus e arquivos, centros de genealogia, secretarias municipais de educação e cultura, bem como na mídia impressa e radiofônica, para uma troca de experiências e de resultados de pesquisas, promovendo a oportunidade de se conhecer o que tem sido pesquisado em nível local, regional e nacional sobre a história dos municípios em que houve colonização e migração de imigrantes alemães e descendentes.



Temos certeza de que estes eventos marcam um grande passo na história da nossa Associação, a qual pretende que comunidades locais, e dos municípios vizinhos tenham a chance de apresentar o que escrevem sobre a sua história e ter contato com o que se estuda sobre imigração alemã.


Por Nilo Franck

Fonte: Isabel Cristina Arendt - Ex-Presidente da Associação